quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

#9 - Utilize as cartas que a vida te deu!

Fala meus amigos! Como nos posts anteriores mais uma vez me desculpem por não estar postando regularmente aqui no blog, como já disse estou tentando cumprir as metas que estabeleci e isso exige bastante tempo e foco. Fico esgotado mentalmente e não gosto de vir aqui escrever aqui só por escrever, estava refletindo aqui e resolvi escrever sobre as cartas que a vida nos dá para "jogar" neste mundão.


                                  Observe as cartas dadas pela vida e jogue com elas!  

Primeiramente tenho que desmitificar uma coisa que atormenta milhões de caras por ai e que também já me causou desanimo, baixa autoestima e até mesmo um princípio de depressão que é ter como meta um "Padrão de um Homem Alfa " que consiste em:

1- Ser rico (Alfa Financeiro)
2- Ter o rosto simétrico e quadrado (Alfa Físico)
3- Ter um corpo forte e definido (Alfa Físico)
4- Ser alto
5- Ser extrovertido
6- Super inteligente socialmente 

Basicamente é isso o que a maioria dos caras colocam como homem alfa, o que é engraçado é que a maioria corre atrás de um padrão inexistente e a troco de impressionar as pessoas que não irão dar mínima para você e na verdade vão querer é se aproveitar de alguma forma do seu "status" e do seu momento para tirar alguma vantagem para eles incluindo familiares.

A maioria de vocês estão longe desse padrão, são normalmente caras baixinhos ou dentro da média de altura br (1,70m), caras magros, esbeltos, gordinhos, com rostos normais dentro do padrão brasileiro, que ganham entre R$800,00 e R$3000,00 com algumas exceções, introvertidos (o que é diferente de ser tímido) e não são destacados socialmente, ou seja estão bem longe desse padrão que foi colocado e se encaixam na média.

A questão meus amigos é que somos pessoas diferentes! Todos não podem ser jogadores de futebol, cantores, atores, modelos e coisas do tipo simplesmente por que cada pessoa tem suas próprias características.

Muitos de vocês tem grandes habilidades e são inteligentes, mas por estarem sempre olhando e sonhando ser o outro não conseguem enxergar isso em si mesmos por que por se comparar tanto acabam destruindo sua autoestima. Observo o comentário dos anônimos na blogsfera e vejo muitos caras com um potencial gigantesco, são pessoas observadoras que não se deixam levar pelo gado brasileiro, conseguem organizar bem suas ideias, tem noção política e de mercado porém tem uma autoestima toda arrebentada por só enxergar valor nos outros.

Eu falo por mim, sou um cara introvertido e percebi que essa traço de personalidade me dá vantagem sobre as pessoas em alguns aspectos como por exemplo passar muito tempo focado nos meus projetos, ser um cara observador e usar isso ao meu favor, ser um cara curioso e criativo e ser um cara que esculta as pessoas e uso isso ao meu favor (as vezes as pessoas falam demais e deixam passar coisas que não deveriam) e agora estou me descobrindo na capacidade de escrever, nunca tinha tentado e é uma coisa que estou gostando. Tem seus revés também é claro, por um período fui bastante tímido o que é comum para quem é introvertido apesar de serem duas coisas diferentes, porém a sociabilidade é uma coisa treinável e melhorei muito desde então, basicamente é você conversar com as pessoas sem criar expectativas sobre elas, não é preciso você ser o palhaço da galera se você não quer e se isso não é natural em você, apenas tente ser mais agradável socialmente e seja assertivo nas conversas que as pessoas irão valorizar isso.

Muitos dos caras mais notáveis da história foram ou são introvertidos como Abraham Lincoln, Bill Gate, Steve Spielberg, J.K. Rowling dentre outros e isso não impediu deles chegarem ao sucesso. A questão é que eles focaram em suas habilidades e investiram nelas diferente da maioria que fica se espelhando em pessoas que são totalmente diferentes dela.

                                    Para de chorar e usa o que você tem seu moleque!

Mas o ponto que eu quero chegar é que de alguma forma você tem que se analisar, tire um tempo sozinho no seu quarto e anote seus pontos fortes, no que você se considera bom, no que você se sente agradável fazendo e invista nisso.

Tem coisas que nós podemos melhorar como o físico e a sociabilidade que são coisas que se quisermos podemos evoluir porém questões como altura, rosto e coisa do tipo não estão em seu controle e aceite isso pois você está preso a este corpo e irá conviver com ele durante todo sua trajetória neste mundo aqui, então em vez ser inimigo dele vire seu amigo mais fiel e mudanças irão acontecer em sua vida.

                                    Vou ficando por aqui meus amigos até a próxima!

Um grande abraço!


20 comentários:

  1. Nós introvertidos somos vistos como estranhos muitas vezes, porém possuímos muitas qualidades ímpares.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza anon, quem consegue enxergar isso já sai na frente.

      Excluir
  2. Show! Os betosos com auto estima baixa devem decorar e por em ação suas ideias nesse texto Gordon. Eu fui introvertido até os 32 anos, depois disso não sei pq, talvez genética sei lá , virei um palhação pior que meu pai, o pior é que a mulherada parece gostar de tipos assim, até presentes eu ganho agora e convites pra sair, sou o comediante da empresa em que trabalho, acho que minha timidez e introversão eram reflexos da minha baixa autoestima causadas por uma mãe hiper-protetora mas que me detonava com críticas broxantes, a velha morreu e eu mudei, louco isso man!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Antes tarde do que nunca, se bem que não foi tarde. Quem sabe usar a introversão como qualidade está a frente dos outros no que tange criatividade e foco.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkkkk foi mal Gordon, estou sem óculos e toquei no link errado! Abraços!

      Excluir
    2. Tranquilo Gersão! Mi Casa Su Casa kkkkk. Abraço!

      Excluir
  4. Parabéns pelo posto meu camarada !!!
    Muito bom.

    ResponderExcluir
  5. Belo texto cara, é isso aí. A galera tem que parar de se auto sabotar e deixar de parar de pensar que são indignos de serem felizes.

    Acredito que o modo de pensar do Pobreta, maior influenciador da blogosfera, acabou contaminando os outros. Ele escrevia ótimos textos e era um excelente observador, porém era obsesivo pelo "milhão" e colocou como requisito para ser digno de ser feliz atingir seu objetivo, e nada além disso.

    O mesmo muitos fazem com a questão do corpo, das habilidades sociais, carreira, estudos. Acreditam que só serão felizes, plenos, e que a vida será completa quando tiverem o corpo do The Rock, se formarem, forem ricos, se pegarem mulher tão fácil quanto o Oliver do Teste de Fidelidade... e enquanto isso não acontece vão ficando depressivos até a depressão atacar de vez.

    Anons, esqueçam essa porra de "sou beta, sou lixo etc". Porra, procurem ser o seu melhor, procurem se aprimorar e melhorar onde lhe aflige. O fato de você não ter um corpo atlético como o Rob Gronkowski ou não ser milionario não é motivos para vc ser infeliz, corra atrás se é isso que você quer, mas não coloque isso como condição para sua felicidade, pois quando vc atingir isso, verá que não é isso que o fará feliz. Liguem o filtro cerebral quando forem ler os blogs afinal ngm é dono da razão.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo anon! Quem espera um determinado patamar para alcançar a felicidade certamente vai sofrer muito durante a vida. Problemas na vida sempre terão sendo rico ou pobre porém de formas diferentes. O problema é que o mundo hoje é focado unica e exclusivamente em status e a mostrar aos outros o quão você mais rico e mais feliz, isso acaba gerando uma serie de problemas psicológicos e complexos na maioria dos homens que não vão nunca alcançar esse estilo de vida ostentador. Abraço!

      Excluir
  6. Fala Gekko , estou chegando no seu blog agora , ótimo post aliás , adcionei voce no roll , se poder fazer o mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Fala Gekko , estou chegando no seu blog agora , ótimo post aliás , adcionei voce no roll , se poder fazer o mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Excelente post, ainda mais partindo de um dos personagens do cinema em que eu mais me inspiro. Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Eae Gordon,

    Ótimo texto cara.

    A betaiada precisa entender que a inveja é um dos sentimentos camuflados pela tristeza que nos trazem a idéia de ser infeliz.

    A loteria genética já foi sarcástica conosco, então vamos trabalhar com o que podemos trabalhar e que está no nosso controle. É até uma das diretrizes do estoicismo.

    Mas é foda lembrar de tudo isso quando se é novo na Real, temos por obrigação relembrar esses conceitos.

    É isso aí.

    Abraços da ZL

    ResponderExcluir